Ter amor no que se faz para poder amar o que se é…

Ter amor no que se faz para poder amar o que se é…

Sonia Belotti

Segundo Jim Collins, um dos maiores especialistas mundiais em resultados e alto desempenho, as pessoas mais procuradas pelas melhores empresas em todo o mundo possuem determinadas características comuns que, ao longo do tempo fazem muita diferença no ambiente de trabalho e no desenvolvimento das equipes.

As características das pessoas que se destacam verdadeiramente são:


1. Estão alinhadas aos valores da empresa.


2. Não precisam ser geridas.


3. Entendem que não têm um emprego, e sim responsabilidades.


4. Fazem o que dizem que vão fazer.


5. Apontam fatores positivos fora de si quando enfrentam situações de sucesso e assumem a culpa quando há fracasso.


6. Têm paixão pela empresa e pelo trabalho que desenvolvem.


Além da sexta frase dele que fala claramente sobre paixão, todas as outras também são características de pessoas apaixonadas pelo que fazem.

Portanto, realizar um trabalho pelo qual se tenha paixão não é apenas uma hipótese teórica, mas apareceu como dado de pesquisa de institutos reconhecidos pela seriedade dos estudos que realizam.

Ter paixão pelo trabalho, portanto, efetivamente faz toda a diferença em uma carreira e isso vale para o desenvolvimento do lado pessoal também, pois para amar o que se faz, é preciso amar o que se é.

Qualquer pessoa saudável e preocupada com seu auto desenvolvimento, tenta se conhecer cada vez melhor: e a primeira compreensão necessária é a de suas dificuldades e erros. Cometemos no dia a dia muitas injustiças e expressamos atitudes negativas até aos nossos próprios olhos, pois somos seres humanos e, como tal, formados de muitas partes diferentes, de muitos personagens internos ou sub-personalidades, que nem sempre estão de acordo entre si quanto aos valores ou metas a alcançar.

Temos partes fortes e seguras como conviria a um adulto equilibrado. Outras partes frágeis e mais infantis. Algumas partes são cooperativas, querendo compartilhar os ganhos, ajudar; e outras partes querendo ganhar a todo custo, vingar-se, esconder os erros ou culpar os outros.

Reconhecer e descobrir nossos lados mais sombrios, aqueles que ordenam as atitudes pouco corretas dirigidas as outras pessoas, fortalece o desejo de querer ser melhor a cada dia, ajuda a vestir a camisa dos verdadeiros valores internos, o que transparece ao setor profissional. Manter a chama interna acesa e coerente conscientiza essa motivação apaixonada e apaixonante.


Fonte: Teias – Consultoria em desenvolvimento de pessoas e negócios
Imagem: Google

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: