Ser ou não ser?

Image and video hosting by TinyPic

Ser ou não ser?

Rodolpho Padovani

“Pouca sinceridade é uma coisa perigosa,

e muita sinceridade é absolutamente fatal.”

Oscar Wilde

Até que ponto devemos ser sinceros? Como tudo, a sinceridade, deve ser usada na media certa, se for pouco faz falta e em excesso prejudica. Devemos sim, ser sinceros, mas isso não quer dizer que sempre devemos falar aquilo que pensamos, tem tantas coisas que saem de nossas bocas sem razão e depois nos pegamos dizendo “eu não precisava ter dito aquilo”, pois é, às vezes o silêncio é a melhor opção e fala mais do que parece.

A sinceridade deve aparecer em momentos cruciais, em conversas sérias, em conselhos, quando alguém nos pede uma opinião, pode ser que algumas tenham medo de ouvir a verdade e se magoar, mas a verdade é sempre melhor do que uma mentira que só vai fazer bem momentaneamente. Mas além de saber quando falar, devemos saber como nos expressar, tem uma frase que diz assim “A honestidade, sem as regras do decoro, transforma-se em grosseria”, e isso é verdade pois a maneira com que colocamos certas coisas pode se tornar rude se não for bem pensada antes de falada.

A conclusão disso tudo, a sinceridade, verdade, honestidade são, indubitavelmente, melhores do que mentiras e falsidades.

Eu prefiro me machucar com uma verdade do que ser iludido por uma mentira que me trará muito mais sofrimento futuramente. Bem, mas esse é apenas meu modo de pensar. Confesso que também peco por excesso às vezes e que também não me atento ao fator “decoro” o que me torna grosseiro diante de algumas pessoas mais sensíveis, que essa maneira minha não seja confundida com insensibilidade, pois eu apenas preciso aprender a selecionar as palavras antes de pronunciá-las e fazer isso de uma forma mais sutil. Enfim, até hoje não me arrependi de ter sido sincero, pois apesar de tudo isso só traz coisas boas e mostra às pessoas que eu sou verdadeiro. Afinal, há também algumas verdades que digo brincando, mas que não deixam de ser verdade.

Se eu puder ser mais ousado, vou dar uma dica (sincera), eu diria para arriscarem mais na sinceridade (não esquecendo-se de se apegar ao decoro). O mundo de hoje em dia está tão mergulhado na mentira e enganação que ser honesto já basta para se sobressair na multidão.

Fonte: A arte de um sorriso
Imagem: Google

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: