Fazer o bem sem olhar a quem

Fazer o bem sem olhar a quem

Carolina Manciola

Em nosso dia-a-dia, muitas vezes, pré julgamos outras pessoas, sem nem mesmo conhecê-las. Alguns são, muitas vezes, “mestres” na arte de pré conceituar e, principalmente, de subestimar. Quem nunca ouviu um caso de alguém que entrou mal vestido em uma loja e foi deixado de lado? Ou quem nunca foi mal atendido pelo fato de não parecer tão importante? São variados os casos que podem ilustrar a discriminação que muitos sofrem. É importante que se conscientize de que a relação comercial é consequência de um bom atendimento, ou seja, deve-se atender bem a todos, independentemente do fato de imaginar se aquela pessoa irá comprar ou não alguma coisa, até porque, o potencial consumidor pode não comprar naquele momento, mas em outra oportunidade lembrará do bom atendimento e retornará às compras. Fazer o bem, sem olhar a quem! É assim que todos nós devemos agir sempre: seja em nossas vidas pessoais, em nosso trabalho, com nossos amigos, colegas e, principalmente, com desconhecidos, com pessoas que não fazem parte da nossa rotina, mas que, por algum motivo, precisaram de nós. Interesses e princípios são a base de muitas de nossas atitudes. Agir por interesse não é pecado, mas agir por princípios é, sem sombra de dúvida, a salvação!


Fonte: Administradores – O portal da administração
Imagem: Google

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: