Mudanças emocionais

Photobucket

Mudanças emocionais afetam também o corpo físico

Eunice Ferrari

Todos nós buscamos uma forma de viver mais satisfatória, de modo a ter nossas vidas como uma fonte de prazer e satisfação. Mas muitos de nós esquecemos que nosso corpo, que abriga nossos sentidos, é nossa principal fonte de prazer e energia. Por isso a importância de cuidarmos de sua saúde, de sentir a experiência de estar vivo, buscar uma conexão com nossa história, com os outros e com o Universo.

A consciência corporal não é apenas a consciência da forma que nosso corpo possui, mas a percepção das maneiras como usamos esse corpo. Desde que nos conhecemos por gente carregamos em nosso inconsciente uma teoria do comportamento, mas que não nos ensina como viver uma vida biológica.

Essas teorias filosóficas e psicológicas acabaram por intelectualizar nossos corpos e criaram uma grande limitação em sua expressão, limitando também nossos desejos e sensações. Nosso corpo é móvel, plástico e reorganizável e é capaz de se remodelar, regenerar e crescer. Podemos participar conscientemente das nossas mudanças corporais a partir da uma mais apurada percepção de nossas vidas e sentidos.

O mais importante nesse processo é estarmos atentos à maneira que usamos nossos corpos. Todas as mudanças que passamos em nossas vidas requerem atenção aos novos comportamentos que criamos: os vínculos mudam, nosso modo de amar muda, nossos desejos e satisfações, nossas metas e objetivos. Casamos, nos separamos, mudamos de carreira, perdemos pessoas queridas. Vivemos tudo isso sem a consciência de que nosso corpo físico participa também dessas mudanças.

Há uma mudança visível, neuro muscular que acompanha esses processos emocionais. Há excitação, sentimentos, tensões que são organizados e reorganizados muscularmente em nossos corpos. Precisamos cuidar e amar nossos corpos físicos, não permitir invasões, preservá-los de agressões, e devemos aprender a reconhecer e conviver com nossas emoções e os processos corporais que acompanham essas mudanças.

Somos um complexo processo biológico e espiritual no qual nada está separado, no qual tudo é conectado. Portanto, de nada adianta apenas cuidar da evolução do corpo espiritual e emocional e deixar o físico de lado.

Somos um complexo vivo que funciona de maneira holística. Tudo em nós está interligado, assim como estamos conectados à Energia Universal. Há um Deus, uma Fonte Primordial de energia, mas existem os planetas feitos de matéria orgânica.

Portanto, comecem a cuidar de sua alimentação, pratiquem alguma atividade física e, principalmente, percebam-se como um processo vivo de emoções, sangue e músculos.

Fonte: Vida e Estilo – Site Terra
Imagem: PhotoBucket by RobertodeAraújoCorreia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: